Quarta-feira, 30 de Junho de 2010

Poemas escolhidos - VII

.    

                POESIAS

 

Ao longe, ao luar,

No rio uma vela,

Serena a passar,

Que é que me revela ?

 

Não sei, mas meu ser

Tornou-se-me estranho,

E eu sonho sem ver

Os sonhos que tenho.

 

Que angústia me enlaça ?

Que amor não se explica ?

É a vela que passa

Na noite que fica.

 


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá a falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver
apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e
se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da sua alma .
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo...

(Fernando Pessoa)

 

.

Picareta Escribante

 

 

publicado por picareta escribante às 08:31
link | comentar | favorito

Imagens do Mundo - Repª. Checa (Moravia-Brno II)

.

Brno - Igrejas

.

Igreja da Trindade :

 

Igreja da Virgem Maria :                                       Igreja da Assunção :

   

Igreja da Imaculada Conceição :

  

Igreja dos Capuchinhos :

  

Igreja Jesuíta :

.

 

Igreja Protestante :                             Igreja de S. Venceslau :

Igreja de Stª. Maria Madalena :

 

Igreja de S. Gil :

  

Igreja de S. Jacob :

 

.

  

Igreja de S. José :

  

   Igreja de S. Leopoldo :

      

Igreja de S. Miguel :

 

Igreja de S. Tomás :

 

.

.

Picareta Escribante

 

publicado por picareta escribante às 07:28
link | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Junho de 2010

Poemas escolhidos VI

.

          AUSÊNCIA

 

Nas horas do poente,

Os bronzes sonolentos

- Pastores das ascéticas planuras -

Lançam este pregão ao soluçar dos ventos,

À nuvem erradia,

Às penhas duras :

- Que é dele, o eterno Ausente,

Cantor da nossa vã melancolia ?

 

Nas tardes de uma luz de íntimo fogo,

Rescendentes de tudo o que passou,

Eu próprio me interrogo :

- Onde estou ? onde estou ?

E procuro nas sombras enganosas

Os fumos do meu sonho derradeiro !

 

- Ventos, que novas me trazeis das rosas

Que acendiam clarões no meu jardim ?

 

- Pastores, que é do vosso companheiro ?

 

- Saudades minhas, que sabeis de mim ?

 

Mário Beirão

 

publicado por picareta escribante às 10:10
link | comentar | favorito

Imagens do Mundo - Repª. Checa (Moravia - Brno I)

.

Brno (antiga Câmara Municipal) :

  

Catedral de S. Pedro :

.

  

Coluna da Santª. Trindade :

  

.

Cortes Constitucionais :

.

Estação Ferroviária :

Galerias de Arte :

.

 

Casa do Povo :

.

Picareta Escribante

publicado por picareta escribante às 07:29
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

Poemas escolhidos V

.

         O COMBOIO PASSA ...

 

O comboio passa...

Todas as manhãs acorda a paisagem,

Faz fugir o gado.

E na casa branca, junto da passagem,

Faz erguer a moça, de olhar estremunhado.

 

Tem geada o campo,

Num manto brilhante.

As vacas reparam, com olhos de gente.

E uns senhores, lá dentro, com ar indiferente,

Pensam noutras vidas, num mundo distante...

 

Vêm de longes terras, que a moça, coitada,

Nem sonha que existem, estendendo a bandeira.

E a máquina bruta, estridente, apressada,

Engolfa-se, aos gritos, por entre a barreira,

Onde uma calhandra, de há muito, faz ninho.

 

Ai de quem encontre, naquele caminho !...

 

Francisco Bugalho

 

publicado por picareta escribante às 08:13
link | comentar | favorito

Imagens do Mundo - Repª. Checa (Moravia - Slavonice II)

.

Slavonice - Diversos :

.

.

  

.

.

.

.

.

.

.

Picareta Escribante

 

publicado por picareta escribante às 07:32
link | comentar | favorito
Domingo, 27 de Junho de 2010

Poemas escolhidos IV

.

 

  O SENHOR MORGADO

.

O senhor morgado

Vai no seu murzelo,

Todo empertigado,

É um gosto vê-lo,

Próspero, anafado,

Véstia alentejana,

Calça de riscado :

Homem d´uma cana !

Vai, todo se ufana

De ir tão bem montado

E ela na janela ...

Seja Deus louvado !

 

O senhor morgado

Vai nas próprias pernas,

Todo bandeado;

Tem palavras ternas

Para cada lado.

Quando passa, sente

Que é temido e amado;

Fala a toda a gente,

Topa um influente :

"Sou um seu criado..."

Eleições à porta,

Seja Deus louvado !

 

O senhor morgado

Vai na sege rica

Todo repimpado :

Ai que bem lhe fica

O chapéu armado,

E a comenda ao peito

E o espadim ao lado !

Que homem tão perfeito !

Deputado eleito,

Muito bem votado,

Vai para o Te Deum,

Seja Deus louvado !

 

Conde de Monsaraz

 

publicado por picareta escribante às 07:54
link | comentar | favorito

Imagens do Mundo - Repª. Checa (Slavonice)

.

Slavonice - Igreja de S. Dinis :

Capela-mortuária :

Ruínas/Igreja de Stª. Joana :

 

Torre :

              

Casas pintadas :

.

  

.

.

  

.

.

Picareta Escribante

publicado por picareta escribante às 07:31
link | comentar | favorito
Sábado, 26 de Junho de 2010

Imagens do Mundo - Repª. Checa (Moravia - Mikulov III)

.

Mikulov - Diversos :

.

.

.

.

 

.

.

Picareta Escribante

publicado por picareta escribante às 07:26
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

Poemas escolhidos III

.

 

            CANÇÃO

 

Cortina verde a abanar

ao correr do doce frio

pudesse a mão que te move

suster meu sonho vazio.

 

Pudesse de qualquer modo

que tu és, sê-lo também:

cortina verde a abanar,

sem a imagem de ninguém...

 

Puro contorno ideal

de cousa inexistente -

pudesse o sonho que sonho

ser o meu ser de contente.

 

Que a sem razão que te move,

- cortina verde a abanar

p´ra além das margens do rio -

é a sem razão de sonhar

ao correr do doce frio.

 

Luís de Montalvor

 

publicado por picareta escribante às 09:52
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

14
17


29
30
31


.posts recentes

. Quiz XLVIII

. Quiz XLVII

. Quiz XLVI

. Quiz XLV

. Quiz LIV

. Quiz LIII

. Quiz LII

. Quiz LI

. Quiz L

. Quiz XLIX

.arquivos

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub